Home / Táxi / Está faltando taxistas no Japão

Está faltando taxistas no Japão

ZMP: empresa japonesa quer autônomos para contornar falta de motoristas de táxi

De olho nos Jogos Olímpicos de 2020, que serão realizados em Tóquio, a empresa japonesa ZMP está desenvolvendo o projeto RoboCar MiniVan, que utiliza atualmente o monovolume Toyota Estima em testes de condução autônoma.

Para melhor avaliação da tecnologia, a empresa se associou com uma companhia de táxis de Tóquio. Parece estranho, mas o setor de táxis no Japão está em crise devido ao envelhecimento da população. Falta mão de obra para operação dos veículos.

Além disso, o setor também terá de enfrentar a concorrência de serviços como Uber, por exemplo, se estes forem liberados em todo o país. Com a falta de trabalhadores, a ZMP aposta na condução autônoma como alternativa para ausência de empregados.

Ainda assim, a companhia de táxi com 607 carros, sendo uma das maiores do Japão, está sendo obrigada a contratar estrangeiros e motoristas do sexo feminino para dirigir seus carros.

Os veículos estão utilizando câmeras, sensores e radares lasers para orientação. No entanto, a ZMP não quer ficar apenas nos táxis, pretende lançar um serviço de compartilhamento no futuro e quer concorrer com outras empresas do setor de condução autônoma no mercado internacional.

[Fonte/Fotos: Reuters]

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *