Taxista: Conheça os serviços e taxas bancarias gratuitas que os bancos devem oferecer

Nós já mostramos para o taxista algumas das ferramentas que são hoje indispensável para exercer a profissão, a  maquininha e o celular. Agora, o taxista empreendedor precisa de uma conta em um banco que lhe ofereça uma uma taxa de manutenção baixa para receber os valores das corridas recebidas pelo cartão de crédito e debito.

Veja algumas dicas para escolher abrira a conta que encaixa no seu perfil, no fim do post você encontra um tabela dos serviços gratuitos que o banco tem que lhe oferecer.

Quem quer abrir um empreendimento precisa ter em mente que algumas coisas são fundamentais para o bom funcionamento do negócio e para que tudo saia conforme o planejado, de forma organizada e sem dores de cabeça, e uma das coisas mais importantes para a gestão de uma empresa é a conta empresarial.

Diferente da conta bancária de pessoa física, ela é registrada com o CNPJ e a razão social do seu negócio. É muito importante ter uma conta voltada exclusivamente para administrar todo o dinheiro envolvido no dia a dia da empresa, assim não há confusões com cifras e pagamentos. Hoje eu vou dar algumas dicas sobre como abrir conta empresarial e como definir qual o melhor banco para você abrir a sua!

Eu preciso de uma conta?

Em primeiro lugar, é preciso definir se há a necessidade de se criar uma conta. Se você trabalha de maneira informal e sem um estabelecimento fixo ou renda constante, como os freelancers por exemplo, não é preciso criar uma outra conta, que só ajudará a bagunçar a sua contabilidade.

Caso você já tenha um estabelecimento fixo, uma empresa aberta (com CNPJ, razão social e nome fantasia) e esteja com um fluxo de caixa que requer um controle mais elaborado, talvez seja a hora de pensar em criar uma conta empresarial para o seu negócio. Além da facilidade para controlar o caixa e saber a quantas anda a saúde financeira do negócio, uma conta empresarial é necessária para quem pretende receber pagamentos de outras empresas ou conseguir empréstimos, realizar financiamentos ou adquirir linhas de crédito.

Escolhendo o melhor banco

As instituições bancárias funcionam basicamente da mesma maneira em todo o país, independentemente de qual “bandeira” a agência carrega. Na hora de escolher qual é o banco ideal para você, é preciso levar em conta diversos fatores, como agência mais próxima da sede do empreendimento, costume (manter a conta da empresa na mesma agência ou banco que a sua conta pessoal pode facilitar a sua vida, além de garantir algumas facilidades) e alguns valores, como taxa de juros aplicada e valor da anuidade e outras tarifas.

Lembre-se que outras características podem facilitar essa tarefa chata que é ir ao banco. Fatores como simpatia dos funcionários, infraestrutura, localização e atendimento diferenciado pesam muito na hora de escolher o banco ideal.

O que fazer para abrir uma conta empresarial?

Para abrir uma conta PJ em uma agência bancária, são necessários alguns documentos e um pouco de paciência com a burocracia. Basicamente, você vai precisar levar o CPF, um comprovante de residência, um comprovante de inscrição e cadastro do CNPJ, o próprio CNPJ e um certificado de microempreendedor individual. Fique atento, pois diferentes bancos podem pedir diferentes documentos, além de cópias, que podem necessitar de autenticação em cartório.

Afinal, qual o melhor banco para abrir minha conta empresarial?

No fim das contas, não existe uma bandeira que seja mais vantajosa que a outra, tudo vai depender de um conjunto de fatores, que vão desde experiências prévias até facilidades oferecidas na hora de abrir a conta. O mais importante quando for escolher um banco é selecionar aquele que se torna parceiro do seu empreendimento, ou seja, aquele banco que oferece facilidades e serviços que miram no seu crescimento.

Um bom internet banking também faz toda a diferença, afinal, quem gosta de ter que ir ao banco para resolver pequenas pendências que podem ser feitas a distância? Mais importante do que o nome, na hora de escolher um banco, tenha em mente que praticidade e atenção são peças fundamentais para evitar o stress.

Conheça o que você tem direito gratuitamente na sua conta

Serviços gratuitos e pacotes padronizados de serviços

Todo cliente pessoa natural que possuir conta de depósitos à vista ou de poupança tem direito aos seguintes serviços gratuitamente:
Tabela com os serviços essenciais de conta de depósitos à vista (Resolução 3.919, art. 2º, inciso I)
Serviços Serviços gratuitos por mês (*)
Fornecimento de cartão com função débito
Fornecimento de segunda via de cartão, exceto nos casos de pedido de reposição formulados pelo correntista decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente
Realização de saques em guichê de caixa, inclusive por meio de cheque ou de cheque avulso, ou em terminal de autoatendimento 4
Realização de transferências de recursos entre contas na própria instituição, em guichê de caixa, em terminal de autoatendimento e/ou pela internet 2
Fornecimento de extrato contendo a movimentação dos últimos trinta dias por meio de guichê de caixa e/ou terminal de autoatendimento 2
Realização de consultas mediante utilização da internet sem limite
Fornecimento anual de extrato consolidado, discriminando, mês a mês, os valores cobrados no ano anterior relativos às tarifas, juros, encargos moratórios, multas e demais despesas incidentes sobre operações de crédito e de arrendamento mercantil
Compensação de cheques sem limite
Fornecimento de folhas de cheque, desde que o correntista reúna os requisitos necessários à sua utilização, de acordo com a regulamentação em vigor e as condições pactuadas 10
Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos sem limite
Tabela com os serviços essenciais de conta de depósitos de poupança (Resolução 3.919, art. 2º, inciso II)
Serviços Serviços gratuitos por mês (*)
Fornecimento de cartão com função movimentação
Fornecimento de segunda via do cartão, exceto nos casos de pedidos de reposição formulados pelo correntista decorrentes de perda, roubo, furto, danificação e outros motivos não imputáveis à instituição emitente
Realização de saques em guichê de caixa ou em terminal de autoatendimento 2
Realização de transferências para conta de depósito de mesma titularidade 2
Fornecimento de extrato contendo a movimentação dos últimos trinta dias 2
Realização de consultas mediante utilização da internet sem limite
Fornecimento anual de extrato consolidado, discriminando, mês a mês, os valores cobrados no ano anterior relativos às tarifas, juros, encargos moratórios, multas e demais despesas incidentes sobre operações de crédito e de arrendamento mercantil
Prestação de qualquer serviço por meios eletrônicos, no caso de contas cujos contratos prevejam utilizar exclusivamente meios eletrônicos sem limite

Para as transações que excederem o limite de gratuidades, ou para qualquer outro serviço, o cliente (pessoa natural) tem duas opções: pagar tarifas individuais para cada serviço excedente ou contratar pacote de serviços com pagamento de um valor único por um conjunto de serviços disponibilizados.

As instituições financeiras são obrigadas a disponibilizar a pessoas naturais os pacotes padronizados de serviços prioritários constantes da tabela II anexa à Resolução 3.919/2010 e das tabelas I, II e III anexas à Resolução 4.196/2013. Essa padronização ajuda o cidadão a escolher a instituição financeira que ofereça as tarifas mais baratas. Os quatro pacotes de serviços obrigatórios são os seguintes:

Pacote Padronizado de Serviços I (Tabela II anexa à Resolução nº 3.919, de 2010)

Conta de depósitos à vista – Movimentação com cartão (sem cheque)
Serviços Quantidade mensal incluída no pacote Serviços gratuitos por mês (*) Quantidade total por mês
Confecção de cadastro para início de relacionamento
Saque 4 4 8
Fornecimento de extrato mensal 2 2 4
Extrato do período referente ao mês imediatamente anterior 2 2
Transferência entre contas na própria instituição 2 2 4

Pacote Padronizado de Serviços II (Tabela I anexa à Resolução nº 4.196, de 2013)

Conta de depósitos à vista – Movimentação com cheque e cartão
Serviços Quantidade mensal incluída no pacote Serviços gratuitos por mês (*) Quantidade total por mês
Confecção de cadastro para início de relacionamento
Fornecimento de folhas de cheque 2 10 12
Saque 4 4 8
Fornecimento de extrato dos últimos 30 dias 4 2 6
Fornecimento de extrato de outros períodos 2 2
Transferência por meio de DOC 1 1
Transferência por meio de TED
Transferência entre contas na própria instituição 2 2 4

Pacote Padronizado de Serviços III (Tabela II anexa à Resolução nº 4.196, de 2013)

Conta de depósitos à vista – Movimentação com cheque e cartão
Serviços Quantidade mensal incluída no pacote Serviços gratuitos por mês (*) Quantidade total por mês
Confecção de cadastro para início de relacionamento
Fornecimento de folhas de cheque 5 10 15
Saque 6 4 10
Fornecimento de extrato dos últimos 30 dias 6 2 8
Fornecimento de extrato de outros períodos 4 4
Transferência por meio de DOC 2 2
Transferência por meio de TED
Transferência entre contas na própria instituição 4 2 6

Pacote Padronizado de Serviços IV (Tabela III anexa à Resolução nº 4.196, de 2013)

Conta de depósitos à vista – Movimentação com cheque e cartão
Serviços Quantidade mensal incluída no pacote Serviços gratuitos por mês (*) Quantidade total por mês
Confecção de cadastro para início de relacionamento
Fornecimento de folhas de cheque 10 10 20
Saque 8 4 12
Fornecimento de extrato dos últimos 30 dias 6 2 8
Fornecimento de extrato de outros períodos 4 4
Transferência por meio de DOC 3 3
Transferência por meio de TED
Transferência entre contas na própria instituição 6 2 8

Se o cliente optar por um pacote de serviços, sua contratação deve ser feita por meio de instrumento específico e seu cancelamento pode ocorrer a qualquer momento.

(*) Gratuidades estabelecidas pelo art. 2º da Resolução 3.919, de 25 de novembro de 2010.

Tabelas sintéticas; para mais detalhes, é imprescindível consultar os normativos que regulamentam o assunto: a Resolução 3.919, a Resolução 4.196 e a Carta Circular 3.594.

Fonte: Banco Central

Guia do Empreendedor

Carlos Laia

Taxista desde 2001, criador do site A Voz Do Taxista e da web Rádio Tera Byte. Nosso objetivo é levar notícias e informações sobre o táxi de todo Brasil a toda categoria, ouvindo representantes, autoridades e principalmente o taxista. Não temos vinculo com nenhuma entidade ou partido político.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios