Home / A Voz do Taxista / Motivos para as autoridades fiscalizarem motoristas Uber

Motivos para as autoridades fiscalizarem motoristas Uber

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

“Linda e gostosa”: motorista da Uber é acusado de assediar passageira

FONTE: MIDIAMAX

O simples pedido de uma corrida da Uber, na manhã desta quinta-feira (6) acabou na delegacia de polícia após a passageira de 18 anos ter sido assediada pelo motorista de 40 anos, em Campo Grande.

A moça teria feito o pedido da corrida no Bairro Taveirópolis junto de um amigo, que desceu no mesmo bairro e ela seguiu no carro quando ao chegar nas proximidades do shopping Norte Sul, o motorista teria dito para ela sentar no banco da frente o que foi negado pela moça.

O motorista teria dito que ela era “linda e gostosa”, e tentado passar a mão em seu corpo. A moça conseguiu se desvencilhar pedindo para que ele a deixasse no local mesmo. Muito nervosa, ela foi auxiliada por pessoas que estavam em um ponto de ônibus e levada para a delegacia de polícia.

De acordo com a jovem, o motorista teria aproximadamente 40 anos, seria gordo, alto, moreno e dirigia um Fiat Siena. O caso foi registrado como importunação ofensiva ao pudor.

m motorista do Uber foi baleado na noite desta quarta-feira (5) por policiais militares perto do viaduto de Realengo, na Zona Oeste do Rio. Os policiais mandaram o homem encostar, mas ele achou que fossem criminosos, ficou com medo de parar e acabou sendo baleado.

Motorista do Uber é baleado após não obedecer ordem da polícia para parar o carro

Vítima foi atingida perto do viaduto de Realengo, na Zona Oeste do Rio. Segundo testemunhas, ele ouviu a ordem, mas não viu os policiais e ficou com medo de parar.

Canal tech

Um vídeo postado na página Realengo News mostra o momento em que um policial, segurando uma arma, vai atrás do carro e atira. Nas imagens, é possível ver que o carro está com o pisca-alerta ligado e segue em frente. O PM corre atrás. Logo depois, uma viatura aparece, segue o carro e o PM. No fim, é possível ouvir o barulho de pneus freando. Tudo aconteceu por volta das 21h.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Testemunhas contaram que o motorista do carro ouviu ordens para parar, mas não sabia que vinham de policiais, pois não tinha visto os PMs. Ele pensou que fossem assaltantes e, com medo, não parou. Nas redes sociais, parentes e amigos disseram que o homem era motorista de Uber e estava trabalhando na hora que foi abordado pelos policiais.

Uma pessoa da família publicou um desabafo: “Aonde iremos parar? Trabalhador honesto e uma pessoa incrível sendo acusado de ser um bandido, essa é a polícia do Rio de Janeiro, que ao invés de estar realmente prendendo quem deve, estão acusando uma pessoa de bem”

O carro do motorista foi atingido na porta traseira, no porta-malas e no vidro do carona. O motorista foi baleado de raspão e levado para o Hospital Albert Scheitzer. Ele já recebeu alta e prestou depoimento durante a madrugada. O carro vai passar por perícia.

A equipe de reportagem da TV Globo tentou um posicionamento da Polícia Militar sobre a ação dos PMs que acabaram baleando o motorista, mas ainda não obteve

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

DEIXE SUA OPINIÃO!