Home / UBER-Transporte Clandestino / Motorista do Uber é preso suspeito de participar de emboscada em Curitiba

Motorista do Uber é preso suspeito de participar de emboscada em Curitiba

Segundo a Polícia Civil, universitário teria sido encarregado de levar atiradores até o local. Jovem diz ter sido sequestrado por criminosos  

Gazeta do Povo

Um motorista do aplicativo Uber de 23 anos foi preso suspeito de ter participado de uma emboscada que matou Adriano Alves Gouveia, no último dia 22 de agosto, no bairro Boqueirão, em Curitiba. O rapaz foi assassinado com vários tiros ao parar em um semáforo.
De acordo com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito era estudante universitário e cursava o curso de Engenharia Civil, além de trabalhar com o aplicativo de transporte. Segundo apontam as investigações, ele teria sido encarregado de levar os atiradores até o local, entre eles um adolescente de 17 anos que já foi apreendido.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Na época, o suspeito se apresentou à polícia e tentou alegar que havia sido vítima de sequestro e que teria sido obrigado a levar os atiradores até o local. No entanto, para o delegado da DHPP, Cássio Conceição, as investigações apontaram algo completamente diferente. “Não temos dúvidas de que ele participou por livre e espontânea vontade do crime”, afirma. De acordo com ele, o motivo da execução foi disputa por tráfico de drogas.

Imagens de câmeras de segurança registraram o crime. Embora não seja possível identificar os autores dos disparos, é possível ver quando o carro da vítima para no sinal e, logo em seguida, outro veículo se aproxima. Em questão de segundos, duas pessoas descem e disparam contra o motorista, fugindo logo em seguida. Adriano Alves Gouveia só foi atendido após um certo tempo por pedestres que testemunharam a ação. Ele morreu no local.

Além do motorista preso, a Polícia Civil identificou outras pessoas envolvidas no crime, incluindo um homem que teria sido morto em São José dos Pinhais. Os demais já foram detidos. O caso foi considerado encerrado.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

DEIXE SUA OPINIÃO!