Home / A Voz do Taxista / Motoristas de Táxi Preto poderão parcelar alvará em até 180 meses

Motoristas de Táxi Preto poderão parcelar alvará em até 180 meses

Jornal Metro

Os motoristas da categoria Táxi Preto que já iniciaram o pagamento da outorga, permissão para que os veículos circulem na cidade, poderão parcelar em até 180 vezes o valor restante. A decisão foi divulgada nesta terça-feira (4) pela Secretaria de Mobilidade e Transportes, da Prefeitura de São Paulo. A renegociação das parcelas poderá ser feito a partir desta quarta até o dia 31 de agosto.

A mudança aumentou em 10 anos a possibilidade de pagamento do alvará de R$ 60 mil, que antes poderia ser quitado em até 60 meses (5 anos). Os motoristas poderão fazer simulações no DTP (Departamento de Transportes Públicos) para escolha do número de parcelas.

Veja a integra da portaria

http://www.avozdotaxista.com.br/wp-admin/post.php?post=2556&action=edit

As parcelas já vencidas serão atualizadas pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo, somadas juros de 1% ao mês. O montante será somado ao saldo devedor para o novo parcelamento. Pela regra anterior, as parcelas eram atualizadas mensalmente pela Taxa Selic, que tende a ser mais alta que a inflação.

Após definir o modo de parcelamento, o condutor deverá preencher um termo de adesão e a primeira parcela deverá ser paga em até 3 dias. As demais terão vencimento sempre no dia 10 de cada mês e serão emitidas por meio do Portal da Prefeitura de São Paulo a partir do primeiro dia do mês, no site www.prefeitura.sp.gov.br/transportes, sendo de responsabilidade do taxista a emissão mensal de cada guia.

Serviço:

Departamento de Transportes Públicos: Rua Joaquim Carlos, 655 – Pari, São Paulo
De 5 de julho a 31 de agosto, das 8h às 16h
Motoristas devem apresentar o Condutax, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e o alvará de estacionamento
Atendimento limitado a 110 pessoas por dia

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *