Novo táxi voador da Vertical Aerospace pode levar até dois passageiros

Táxi voador é completamente elétrico, pode levar dois passageiros, tem espaço para piloto e deve chegar em 2022

Por Filipe Garrett

O táxi voador da Vertical Aerospace já foi testado com sucesso no Reino Unido. A novidade aposta em uma estratégia diferente de rivais na corrida pelo primeiro serviço de transporte aéreo urbano. Ao contrário da UberAirBus e outras iniciativas, a fabricante britânica não desenvolve um drone, mas sim uma aeronave que será conduzida por um piloto de verdade.

A empresa acredita que a abordagem simplifica o desenvolvimento da tecnologia e favorece o lançamento do serviço até 2022. Isso porque a presença de um condutor torna mais fácil a tarefa de atender à legislação vigente para aeronaves na Inglaterra, de acordo com a companhia.

LEIA: Carro voador da Uber vai chegar ao Brasil; veja

Táxi voador da Vertical Aerospace pesa 750 quilos e precisa de piloto para voar — Foto: Divulgação/Vertical AerospaceTáxi voador da Vertical Aerospace pesa 750 quilos e precisa de piloto para voar — Foto: Divulgação/Vertical Aerospace

Táxi voador da Vertical Aerospace pesa 750 quilos e precisa de piloto para voar — Foto: Divulgação/Vertical Aerospace

Tirando a ideia de usar um piloto de verdade, a aeronave da Vertical Aerospace repete alguns dos conceitos presentes em projetos rivais.

O veículo é elétrico e oferece decolagem e pouso na vertical (eVTOL), sistema que, ao dispensar a longa extensão de uma pista de pouso e decolagem, pode tornar a proposta viável em grandes centros urbanos.

Seu peso é de 750 kg e a sustentação no ar é garantida por quatro hélices. O design lembra um pouco o carro voador da Uber, o uberAIR, que tem previsão de lançamento para 2023 – ou seja, um ano após a promessa da Vertical Aerospace.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios