Home / UBER-Transporte Clandestino / O Projeto de Lei PLC nº 28/2017 NÃO ACABA COM O UBER!

O Projeto de Lei PLC nº 28/2017 NÃO ACABA COM O UBER!

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

O Projeto de Lei PLC nº 28/2017
NÃO ACABA COM O UBER!

Para desmistificar
boatos e informações erradas divulgadas de forma
proposital, trazemos neste material alguns pontos
importantes que demonstram claramente que a
regulamentação NÃO INVIABILIZA O UBER ou
qualquer outra empresa que presta esse tipo de serviço. Acompanhe:

O PROJETO DE LEI
ACABA COM O UBER?
Não! O Uber e qualquer outra empresa do ramo poderão continuar atuando. No entanto, como qualquer outra empresa, terá
regras que deverão ser respeitadas. São regras simples e eficazes, que darão segurança aos passageiros e proteção aos motoristas.
É inaceitável que a gigante corporativa continue fazendo pressão para manter tudo como está, defendendo apenas seus interesses financeiros.

A LIBERDADE DE ESCOLHA DO
PASSAGEIRO SERÁ AFETADA?
De forma alguma! A liberdade de escolha estará garantida, mas agora com mais segurança. Poderá até ser ampliada,
pois sob regras, empresas sérias terão condições de se instalar e competir. O Uber vai continuar existindo, desde que
cumpra as regras e os requisitos mínimos de segurança de respeito aos seus passageiros. Regras tornam o jogo mais democrático e melhor para todos.

O PROJETO VAI GERAR DESEMPREGO
DOS MOTORISTAS DO UBER?
Definitivamente não. Pelo contrário. Vai proporcionar a estabilidade e ampliar as oportunidades aos motoristas
desses aplicativos. O que vai acontecer é que, para conduzir passageiros, o motorista deverá ter autorização e o carro
também. As prefeituras só autorizarão os motoristas com bons antecedentes e os carros serão vistoriados para que
tenham condições de circular com segurança. Vai ficar muito mais difícil acontecerem casos de acidentes, assaltos e estupros, como hoje em dia.

O SERVIÇO VAI FICAR
MAIS CARO?
É claro que não. Nada no projeto aprovado fala sobre tarifas. Os aplicativos de transporte poderão continuar
estabelecendo seus valores. Apenas terão de respeitar as regras estabelecidas para todos.

LUGARES ONDE O UBER JÁ ENFRENTOU
PROBLEMAS COM A JUSTIÇA
Alemanha, Canadá, Espanha, Itália, Argentina, China, França, Japão, Bélgica, Colômbia, Holanda, Portugal, Brasil, Coréia do Sul, Índia,Suíça e Tailândia
📌A tecnologia é bem vinda.
Mas nada substitui as pessoas.

Transporte de passageiros é coisa séria, pois lida com a vida humana.
É serviço para profi ssionais, pessoas que levem a sério
conduzir o passageiro com conforto, respeito e segurança.
Táxis e carros particulares devem seguir regras para garantir a integridade
das pessoas, a ordem no trânsito e a organização das cidades.

#EUCUMPROREGRAS

https://www.facebook.com/eucumproregras/

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

1 Comentário

  1. Acho que os taxistas e seus sindicatos deveriam sim melhorar o serviço, que é deficiente, tornar mais seguro, pois o taxistas são anônimos, e torná-lo num preço honesto, para com isto haver uma concorrência leal, pois não sabem nem mesmo o significado da palavra clandestino, que usam de maneira errada. Mas preferem vandalizar o patrimônio alheio e fazer protestos travando o trânsito da cidade, que já é um caos, prejudicando assim os seus próprios clientes passageiros, que já são vítimas de um transporte ruim e caro conduzido por motoristas imprudentes e deseducados!

DEIXE SUA OPINIÃO!