Mais uma capital vai taxar Uber e 99

O desafio aos representantes dos taxistas está lançado

Influência do pl 5587 recém aprovado na Câmara dos Deputados que aguarda a sanção do presidente Thener, ou não, a verdade é que, onde os taxistas estão articulados e exercem uma pressão sobre as autoridades alguma movimentação começa a surgir depois do PL que da poderes de regulamentação aos municípios.

Na maior capital brasileira, São Paulo, os aplicativos não respeitam a regulamentação municipal, resta saber se os representantes da categoria vão cobrar do prefeito João Doria a adequação da resolução 16 a lei quando sancionada.

#radioteta #avozdotaxista

Uber e 99 devem ser taxados

O prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, afirmou, ontem, que duas minutas de leis serão enviadas à Câmara dos Vereadores até o fim deste mês. Os documentos irão tratar da regulamentação dos aplicativos de transporte de passageiros, com Uber e 99, além de novas vagas para táxis.

“Fizemos uma Comissão de Trabalho que envolve a Câmara dos Vereadores. Até o dia 31 de março estaremos com duas minutas de leis prontas. Uma sobre a regulamentação dos aplicativos baseado nos parâmetros que a lei federal propôs. A outra minuta é sobre novos critérios de novas vagas de táxi em Fortaleza. As duas serão enviadas à Câmara dos Vereadores juntas.

Antecipou que haverá uma taxação e tributação para os aplicativos. A lei federal prevê taxação e tributação”, afirmou o chefe do Executivo Municipal.

Na última quinta-feira (1º), Roberto Cláudio já havia anunciado que iria convocar o Sindicato dos Taxistas do Ceará (Sinditaxi) para discutir a regulamentação dos aplicativos na Capital cearense, porém, sem a participação dos profissionais que hoje trabalham para Uber e 99.

Na ocasião, o prefeito não adiantou detalhes do que seria discutido. No entanto, o presidente do Sinditaxi, Vicente de Paula Oliveira, afirmou ao Diário do Nordeste que a regulamentação dos serviços irá beneficiar as duas categorias.

“Eles estão cientes que, daqui para frente será diferente de tudo. Precisamos ter agilidade, não deixar o táxi faltar, por exemplo. A concorrência de mercado veio para que o taxista de Fortaleza passasse a atender melhor, oferecer um serviço de qualidade”, disse Oliveira.

Procurada pela reportagem, a Uber informou que está aberta para “discutir os benefícios que a tecnologia pode trazer para as pessoas e para as cidades”.

Ainda segundo a empresa, “as regulamentações modernas criam ambientes de inovação, que garantem aos cidadãos o direito de escolha sobre como se movimentar pela cidade, além de uma opção digna de geração de renda para motoristas parceiros”.

Sobre a decisão da Prefeitura de Fortaleza em buscar a regulamentação dos serviços, a Uber afirmou que está atenta ao andamento e aberta às discussões.

“Estamos acompanhando o detalhamento de regras em Fortaleza, como eventual tributação, que deve ser fixada de maneira justa e equilibrada.

A Uber segue à disposição da Prefeitura de Fortaleza para discutir como é possível usar a tecnologia para o bem da cidade”, informou a empresa em nota.

Vagas

Hoje, Fortaleza já conta com 4.886 táxis regulamentados, porém. Atualmente, não há vagas de táxis em aberto. Para quem desejar entrar para o serviço, deve buscar um permissionário que já tenha uma vaga. Porém, para tornar-se um taxista, é necessário realizar um curso de capacitação

Carlos Laia

Taxista desde 2001, criador do site A Voz Do Taxista e da web Rádio Tera Byte. Nosso objetivo é levar notícias e informações sobre o táxi de todo Brasil a toda categoria, ouvindo representantes, autoridades e principalmente o taxista. Não temos vinculo com nenhuma entidade ou partido político.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios