Home / A Voz do Taxista / Passageiro pega táxi em SP e vai parar em hotel com time do Chelsea

Passageiro pega táxi em SP e vai parar em hotel com time do Chelsea

Bruno Almeida entrou no táxi de um amigo e, via ligação em vídeo, foi apresentado a assessor de Diego Costa, Eduardo Reis. Fã assistiu vitória dos Blues sobre Middlesbrough no Stamford Bridge

Fonte: Globo.com

Imagina entrar num táxi em São Paulo e, como em um passe de mágica… abracadabra: terminar batendo papo com grande parte do Chelsea campeão inglês na temporada de 2017? Parece conto de fadas, não é mesmo? Mas são histórias incríveis como essa que fazem do futebol algo muito maior que um simples esporte. A narrativa a seguir tem seu protagonista: Bruno Almeida. O manauara fanático pelos Blues que realizou o sonho de muitos torcedores espalhados pelo mundo.

Bruno ao lado de Kante, eleito melhor jogador da Premier League em 2017 (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno ao lado de Kante, eleito melhor jogador da Premier League em 2017 (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno é só mais um fã brasileiro admirador dos campeonatos europeus. Até que, em viagem a São Paulo, entrou no táxi – de um amigo – que mudaria sua vida. Enquanto assistia ao Chelsea vencer o Swansea pela Premier League, o taxista notava a paixão do passageiro pelo time londrino. Conversa vai, conversa vem, eis que surge o diálogo:

– Um amigão meu é assessor do Diego Costa – disse o motorista.

Bruno, claro, não acreditaria tão fácil.

– Para de brincadeira, Flávio (Cavalcante).

Ninguém estava brincando. Uma ligação por vídeo comprovava: do outro lado da linha estava o assessor Eduardo Reis numa sala vip do Stamford Bridge. Ao fundo, um banquete digno de clube milionário. Bruno não via outra saída senão acreditar naquela “baboseira”. O mesmo Bruno que estava com duas passagens compradas para um mochilão pela Europa. O que poderia ser além do destino? Em pouco tempo, mas muita trocas de mensagens, Bruno e Du viraram amigos. Dois meses depois, lá estava o amazonense ao redor de alguns dos maiores jogadores do planeta.

“Conhecer jogadores top mundial do clube que você aprendeu a amar? Isso é bem acima do esperado. Trocar ideia com Diego Costa, David Luis, tirar foto com melhor jogador da temporada, Kante… Para um cara que ama futebol, tudo isso é fantástico e inesquecível “

Quando tudo parecia arruinado, o taxista Flávio entrou em contato. Eduardo havia perdido o celular, mas fez questão de repassar o número novo. Das arquibancadas, Bruno assistiu a vitória por 3 a 0. Depois, o final feliz: com ajuda do novo amigo, conseguiu o tão esperado encontro.

Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

– Quando ele parou de responder as mensagens, eu imaginei que tivesse perdido o celular. Mas não me preocupei. Eu estava com minha esposa, aproveitando a viagem. O Du foi muito acessível. Gente boa demais. Fez questão de me passar o número novo. Quando nos encontramos, me ofereceu água, comida. Parecia que nos conhecíamos há anos. Foi um dos melhores dias da minha vida – acrescentou.

Ao virar 180º graus e ver tantos ídolos, extravasou. Tratou logo de ficar íntimo. David Luiz, Kante, Diego Costa, Terry, Kenedy, Marcos Alonso, Azpilicueta e até jovens da base como Chalobah e Loftus Cheek. Todos foram notados de alguma maneira. A intimidade era tamanha que há registros até em vídeos com alguns atletas.

Manauara fanático pelo Chelsea conhece elenco e tira onda

– Fantástico. A viagem inteira já era um sonho. Conheci lugares que imaginamos estar quando vemos filmes, seriados etc. Isso tudo eu sonhava em ver e viver. E posso dizer hoje: eu vivi – finalizou.

Paixão aflorada no video game

A admiração pelo clube londrino surgiu em 2006. Bruno, assim como muitos, era adepto do PES no video-game. O time escolhido era quase sempre o Chelsea, que já naquela época contava com elenco de luxo: Peter Cech, John Terry, Ashley Cole, Joe Cole, Lampard, Droga, entre outros. De tanto atuar com os Blues, ele descobriu uma paixão. Aflorada no vice-campeonato da Liga dos Campeões de 2007-2008, quando perdeu para o Manchester United de Cristiano Ronaldo nos pênaltis.

– Quando o Chelsea perdeu, percebi que fiquei triste.Incomodado de verdade. Como se o Vasco, meu time de coração no Brasil, tivesse perdido. Ali vi que eu amava esse clube. Que era muito mais que uma simples admiração. Desde então, torço fervorosamente – admitiu.

Número da sorte: 19

Poucos lembram, mas foi no dia 19 de maio de 2012 que o Chelsea venceu o Bayern de Munique – nos pênaltis – e foi campeão pela primeira única vez da Uefa Champions League. Na casa do adversário. Bruno integra a minoria que recorda-se da data de cor. O mesmo cara que nasceu no dia 19 de fevereiro de 1988. Que viu seu filho (de consideração) mais velho nascer no dia 19 agosto de 2008. A numerologia era tão forte, que ele calculou o nascimento do caçula para o dia 19. E deu certo: 19 de novembro de 2014 nascia o filho de sangue.

– Na verdade, o médico calculou que meu filho poderia nascer entre os dias 15 e 29 de novembro. Perguntou se queríamos uma data especial. Eu pedi que ele nascesse no dia 19. É um número simbólico para mim. E deu certo – ponderou.

A viagem futebolística

No período em que rodou pela Europa, Bruno e sua esposa conheceram muito além que pontos turísticos. A dupla assistiu cinco jogos, em diferentes ligas europeias. Ao todo, foram quase R$ 5 mil apenas em ingressos. Na capital espanhola, prestigiaram nada mais nada menos que o maior clássico do planeta: Real Madrid x Barcelona. Foi nesse jogo que o Barça venceu por 3 a 2, com gol 500 do Messi na carreira. De lá, seguiram para Catalunha. Ali viram o time mais conhecido do local vencer o Osasuna por 7 a 1. Mascherano fez o primeiro gol com a camisa do Barça.

Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Da Espanha, seguiram para a Itália. Após dois dias em Capri, cruzaram os muros de Roma. Na capital italiana, viram o duelo entre Lazio e Roma. Era o último clássico de Totti após 25 anos defendendo o clube, mas foi o adversário que saiu vitorioso, por 3 a 1. De lá, foram para Londres. Antes do Chelsea, o brasileiro ainda assistiu o Arsenal derrotar o Manchester United por 2 a 0.

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Veja Também

Uber osasco

Vereador de Osasco quer a proibição do Uber na cidade

Share this on WhatsApp WebDiário E Por que não proibir? Quando o prefeito, Rogério Lins, ...

UBER

Prefeito de Campo Grande mantém pulso firme contra UBER

Share this on WhatsApp As contradições que envolve sa Uber são grandes, um Deputado federal ...

Depois de Curitiba, Maringá abre para uber.

Share this on WhatsApp Nesta terça-feira (25/07) Câmara de Maringá (PR) volta a discutir regulamentação ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *