Home / A Voz do Taxista / Passageiro pega táxi em SP e vai parar em hotel com time do Chelsea

Passageiro pega táxi em SP e vai parar em hotel com time do Chelsea

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Bruno Almeida entrou no táxi de um amigo e, via ligação em vídeo, foi apresentado a assessor de Diego Costa, Eduardo Reis. Fã assistiu vitória dos Blues sobre Middlesbrough no Stamford Bridge

Fonte: Globo.com

Imagina entrar num táxi em São Paulo e, como em um passe de mágica… abracadabra: terminar batendo papo com grande parte do Chelsea campeão inglês na temporada de 2017? Parece conto de fadas, não é mesmo? Mas são histórias incríveis como essa que fazem do futebol algo muito maior que um simples esporte. A narrativa a seguir tem seu protagonista: Bruno Almeida. O manauara fanático pelos Blues que realizou o sonho de muitos torcedores espalhados pelo mundo.

Bruno ao lado de Kante, eleito melhor jogador da Premier League em 2017 (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno ao lado de Kante, eleito melhor jogador da Premier League em 2017 (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno é só mais um fã brasileiro admirador dos campeonatos europeus. Até que, em viagem a São Paulo, entrou no táxi – de um amigo – que mudaria sua vida. Enquanto assistia ao Chelsea vencer o Swansea pela Premier League, o taxista notava a paixão do passageiro pelo time londrino. Conversa vai, conversa vem, eis que surge o diálogo:

– Um amigão meu é assessor do Diego Costa – disse o motorista.

Bruno, claro, não acreditaria tão fácil.

– Para de brincadeira, Flávio (Cavalcante).

Ninguém estava brincando. Uma ligação por vídeo comprovava: do outro lado da linha estava o assessor Eduardo Reis numa sala vip do Stamford Bridge. Ao fundo, um banquete digno de clube milionário. Bruno não via outra saída senão acreditar naquela “baboseira”. O mesmo Bruno que estava com duas passagens compradas para um mochilão pela Europa. O que poderia ser além do destino? Em pouco tempo, mas muita trocas de mensagens, Bruno e Du viraram amigos. Dois meses depois, lá estava o amazonense ao redor de alguns dos maiores jogadores do planeta.

“Conhecer jogadores top mundial do clube que você aprendeu a amar? Isso é bem acima do esperado. Trocar ideia com Diego Costa, David Luis, tirar foto com melhor jogador da temporada, Kante… Para um cara que ama futebol, tudo isso é fantástico e inesquecível “

Quando tudo parecia arruinado, o taxista Flávio entrou em contato. Eduardo havia perdido o celular, mas fez questão de repassar o número novo. Das arquibancadas, Bruno assistiu a vitória por 3 a 0. Depois, o final feliz: com ajuda do novo amigo, conseguiu o tão esperado encontro.

Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno ao lado de John Terry, lenda do clube londrino (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

– Quando ele parou de responder as mensagens, eu imaginei que tivesse perdido o celular. Mas não me preocupei. Eu estava com minha esposa, aproveitando a viagem. O Du foi muito acessível. Gente boa demais. Fez questão de me passar o número novo. Quando nos encontramos, me ofereceu água, comida. Parecia que nos conhecíamos há anos. Foi um dos melhores dias da minha vida – acrescentou.

Ao virar 180º graus e ver tantos ídolos, extravasou. Tratou logo de ficar íntimo. David Luiz, Kante, Diego Costa, Terry, Kenedy, Marcos Alonso, Azpilicueta e até jovens da base como Chalobah e Loftus Cheek. Todos foram notados de alguma maneira. A intimidade era tamanha que há registros até em vídeos com alguns atletas.

Manauara fanático pelo Chelsea conhece elenco e tira onda

– Fantástico. A viagem inteira já era um sonho. Conheci lugares que imaginamos estar quando vemos filmes, seriados etc. Isso tudo eu sonhava em ver e viver. E posso dizer hoje: eu vivi – finalizou.

Paixão aflorada no video game

A admiração pelo clube londrino surgiu em 2006. Bruno, assim como muitos, era adepto do PES no video-game. O time escolhido era quase sempre o Chelsea, que já naquela época contava com elenco de luxo: Peter Cech, John Terry, Ashley Cole, Joe Cole, Lampard, Droga, entre outros. De tanto atuar com os Blues, ele descobriu uma paixão. Aflorada no vice-campeonato da Liga dos Campeões de 2007-2008, quando perdeu para o Manchester United de Cristiano Ronaldo nos pênaltis.

– Quando o Chelsea perdeu, percebi que fiquei triste.Incomodado de verdade. Como se o Vasco, meu time de coração no Brasil, tivesse perdido. Ali vi que eu amava esse clube. Que era muito mais que uma simples admiração. Desde então, torço fervorosamente – admitiu.

Número da sorte: 19

Poucos lembram, mas foi no dia 19 de maio de 2012 que o Chelsea venceu o Bayern de Munique – nos pênaltis – e foi campeão pela primeira única vez da Uefa Champions League. Na casa do adversário. Bruno integra a minoria que recorda-se da data de cor. O mesmo cara que nasceu no dia 19 de fevereiro de 1988. Que viu seu filho (de consideração) mais velho nascer no dia 19 agosto de 2008. A numerologia era tão forte, que ele calculou o nascimento do caçula para o dia 19. E deu certo: 19 de novembro de 2014 nascia o filho de sangue.

– Na verdade, o médico calculou que meu filho poderia nascer entre os dias 15 e 29 de novembro. Perguntou se queríamos uma data especial. Eu pedi que ele nascesse no dia 19. É um número simbólico para mim. E deu certo – ponderou.

A viagem futebolística

No período em que rodou pela Europa, Bruno e sua esposa conheceram muito além que pontos turísticos. A dupla assistiu cinco jogos, em diferentes ligas europeias. Ao todo, foram quase R$ 5 mil apenas em ingressos. Na capital espanhola, prestigiaram nada mais nada menos que o maior clássico do planeta: Real Madrid x Barcelona. Foi nesse jogo que o Barça venceu por 3 a 2, com gol 500 do Messi na carreira. De lá, seguiram para Catalunha. Ali viram o time mais conhecido do local vencer o Osasuna por 7 a 1. Mascherano fez o primeiro gol com a camisa do Barça.

Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Bruno conheceu cinco estádios durante viagem a Europa (Foto: Divulgação/Arquivo pessoal)

Da Espanha, seguiram para a Itália. Após dois dias em Capri, cruzaram os muros de Roma. Na capital italiana, viram o duelo entre Lazio e Roma. Era o último clássico de Totti após 25 anos defendendo o clube, mas foi o adversário que saiu vitorioso, por 3 a 1. De lá, foram para Londres. Antes do Chelsea, o brasileiro ainda assistiu o Arsenal derrotar o Manchester United por 2 a 0.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

3 Comentários

  1. Obrigado…Eu aprecio o esforço colocado neste site e vai visitar aqui mais vezes.

DEIXE SUA OPINIÃO!