Home / TÁXI NEWS / Prefeitura faz mutirão para taxistas se cadastrarem em aplicativo de táxi
Uber
Aplicativo dos taxistas da cidade do RIO

Prefeitura faz mutirão para taxistas se cadastrarem em aplicativo de táxi

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sem foco nas causas da crise do táxi, taxistas continuam a mercê de medidas que nada mudará essa realidade.

A cidade do Rio de Janeiro iniciou o cadastro dos taxistas da cidade no aplicativo criado pelo executivo carioca exclusivamente para os taxistas. Essa iniciativa, talvez seja, a solução para que a categoria possa enfrentar a concorrência desleal imposta pelos aplicativos Uber, 99, Cabify e outros que usam carros particulares para fazer transporte individual remunerado de passageiros – atividade exclusiva dos taxistas – como prevê a lei federal 12.468/2011.

Muito estranho a postura do poder público, uma vez que lei é clara sobre esse tipo de transporte, também é motivo de questionamento a atitude de grupos de taxistas que apoiam medidas paliativas que tem somente motivação política ou até mesmo desviar o foco dos taxistas da situação real que atravessa toda categoria.

A iniciativa da prefeitura do Rio de janeiro deveria ser seguida por todas capitais e importantes cidades, uma vez que os aplicativos que tem cadastrados carros particulares em sua plataforma é uma realidade que não tem mais volta e o PL 28, que se encontra na Senado para votação criará a atividade de motorista de aplicativo. Os taxistas precisam virar a página e começar a cobrar do poder público o cumprimento da legislação do táxi pelos aplicativos e uma modernização do serviço de táxi.

#carloslaia #avozdotaxista

Mutirão

Fonte Extra

A Prefeitura do Rio realiza neste fim de semana um mutirão para cadastrar taxistas no aplicativo Taxi.Rio, criado para aumentar a concorrência com outros serviços de transporte. A iniciativa tem o objetivo de reverter a baixa adesão dos motoristas ao aplicativo.

O atendimento será na sede da prefeitura, na Cidade Nova. Neste sábado, o mutirão será feito das 9h às 16h. Serão distribuídas 600 senhas. Já no domingo, o horário será das 8h ao meio-dia, com a distribuição de 300 senhas.

Os motoristas que participarem do mutirão terão a oportunidade de realizar todo o processo do cadastramento em um só local, além de atualizar sua situação cadastral, caso seja necessário.

Os taxistas que fizerem o cadastramento no mutirão terão a foto de identificação validada no local, dispensando a ida ao posto atendimento da Secretaria municipal de Transportes no Guerenguê.

Os motoristas devem comparecer à recepção do Centro Administrativo São Sebastião (CASS), munidos da carteira de motorista e do Cartão de Identificação de Auxiliar de Transporte (CIAT) para realizar o cadastro. Haverá estacionamento para os taxistas nas imediações do CASS.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

 

Aplicativo da Prefeitura do Rio criado para os taxistas Aplicativo da Prefeitura do Rio criado para os taxistas Foto:

 Plataforma pretende melhorar o serviço

A plataforma de mobilidade Táxi Rio vai permitir que prefeitura, taxistas e passageiros tenham uma melhor gestão do serviço. Durante dois meses, o aplicativo será testado na cidade. O usuário poderá pedir e pagar a corrida pelo aplicativo instalado em seu smartphone. E, como acontece com aplicativos como o Uber, no momento em que chamar o carro, usuário e taxista serão informados do valor da corrida.

Os usuários também poderão avaliar os taxistas. A prefeitura poderá escalar os mais bem avaliados para cobertura de grandes eventos que precisam de muitos táxis, como é o caso do Rock in Rio. Essa será a contrapartida para que o atendimento ao usuário seja melhor. O aplicativo também vai afastar os piratas, que não poderão se cadastrar.

Inscrição pela internet

Para quem não participar do mutirão, a inscrição deve ser feita pelo site www.taxi.rio. No cadastro, o taxista colocará dados sobre o registro de operação como motorista, informará um e-mail e criará uma senha. Depois, fará o upload de sua foto e comparecerá à Coordenação Técnica de Transportes Complementares da Secretaria Municipal de Transportes do Rio de Janeiro levando carteira de habilitação (CNH) e Cartão de Identificação de Auxiliar de Transporte (CIAT).

Se os dados do motorista estiverem corretos e forem aceitos, ele receberá um e-mail de confirmação, uma cópia do termo de compromisso e um número de inscrição. Com o cadastro confirmado, basta que o taxista aguarde o lançamento do aplicativo definitivo para baixá-lo no celular e começar a utilizá-lo pela cidade.

O aplicativo foi lançado em 29 de maio, mas está em fase de testes. Cerca de 500 colaboradores, entre taxistas e passageiros, utilizaram a plataforma.

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

DEIXE SUA OPINIÃO!