Falta de propaganda e problemas técnicos são os principais problemas apontados por taxistas e usuários do aplicativo SPTaxi

Matéria da Folha de São Paulo ouviu taxistas, passageiros e os presidentes dos dois sindicatos, Ceará do SIMTETAXI e Natalício Bezerra do SINDITAXI

O aplicativo SPTaxi lançado pelo ex-presidente João Dória, dias antes de deixar a prefeitura de São Paulo tem pouca adesão de passageiros, até o momento são pouco mais de 36 mil. Já o número de taxistas atingiu 50% do total dos cerca de 40 mil taxistas da cidade.

Segundo matéria publicada hoje (20/06) pela Folha de Sao Paulo, o problema principal é a falta de propaganda junto aos passageiros. Também foram relatados problemas enfrentados por passageiros, como cobrança por corrida nao realizada.

Ostaxistas que já atenderam passageiros pelo SPTaxi também tem queixas do funcionamento do aplicativo, entre os relatos estão funcionalidades básicas que ainda  não foram implementadas.

Os presidentes dos dois sindicatos afirmaram na matéria a prefeitura prometeu propaganda e as entidades irão cobrar do prefeito Bruno Covas a divulgação nos pontos de oniôni e relógios espalhados pela cidade, porém esses itens do mobiliário urbano foram repassados a iniciativa privada.

A questão que se discute entre a categoria e justamente a falta de propaganda junto aos passageiros, isso é fundamental, uma vez que o SPTaxi concorre duas gigantes, 99 é Uber.

Leia materia completa no link abaixo

https://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/06/aplicativo-de-doria-para-taxis-tem-baixa-adesao-de-passageiros-e-nao-decola.shtml 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios