Home / UBER-Transporte Clandestino / Uber deverá valer menos após vazamento de informações
Um brado pela legalidade

Uber deverá valer menos após vazamento de informações

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Dinheiro Vivo

Uber deverá valer menos no mercado depois do roubo de dados de 57 milhões de pessoas. A informação surge numa altura em que a plataforma de transportes norte-americana está a fechar o acordo de investimento milionário com o grupo japonês SoftBank. A avaliação da Uber deverá cair dos 68 para 50 mil milhões de dólares (dos 57,4 para 42,2 mil milhões de euros), adianta este domingo o The Wall Street Journal, citando fontes ligadas às negociações.

Aconfirmar-se esta quebra, a Uber praticamente perde o estatuto de startup mais valiosa do mundo e fica em igualdade de circunstâncias com os rivais da Didi Chuxing, avaliados também em 50 mil milhões de dólares, segundo a empresa de pesquisa CB Insights. O grupo japonês soube do roubo de dados um mês antes de ter sido tornado público, o que terá contribuído para a redução do valor de avaliação da empresa norte-americana.

Aplataforma de transportes revelou na terça-feira que, em dezembro de 2016, foi vítima de um ataque de piratas informáticos, que roubaram os dados de 50 milhões de passageiros e de sete milhões de motoristas, incluindo nomes, números de telefone e endereços de email. A empresa pagou depois um resgate de 100 mil dólares aos hackers para que apagassem as informações pirateadas.

O caso foi escondido tanto dos utilizadores como das autoridades, o que poderá colocar agora a Uber perante problemas legais. Há duas semanas, a Uber anunciou um acordo com um grupo de investidores liderado pelo SoftBank que prevê a compra de pelo menos 14% de ações já existentes e de novas que vierem a ser emitidas. O SoftBank deverá gastar cerca de mil milhões de dólares (857 milhões de euros) em novas ações.

As ações já existentes serão compradas aos atuais investidores no próximo mês, que terão de definir o preço por título. Se não for alcançado o objetivo de 14% do capital, o SoftBank deverá cancelar a operação.

O documento prevê ainda a entrada da Uber em bolsa até 2019, através de uma oferta pública inicial (IPO, na sigla original).

Ainda este ano, a Verizon pagou menos 350 milhões de dólares pela compra da Yahoo depois de ter sido revelado um ataque informático que afetou três mil milhões de contas.

="adsbygoogle" style="display:block" data-ad-client="ca-pub-2309922433896559" data-ad-slot="9960967624" data-ad-format="auto">

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

DEIXE SUA OPINIÃO!