Home / UBER-Transporte Clandestino / Uber é processada por obter arquivos médicos de vítima de estupro

Uber é processada por obter arquivos médicos de vítima de estupro

 

Fonte: O Globo

CALIFORNIA – Depois de ganhar um processo contra a Uber em 2015 por uma soma não divulgada, a mulher que foi estuprada em Nova Délhi por um motorista, na Índia, em 2015, está tomando novas ações contra a empresa. Dessa vez, ela contesta o fato de seus registros médicos terem ido parar nas mãos dos prinicipais executivos da companhia.

Além da empresa, a mulher, que não divulga seu nome, entrou com uma ação nesta quinta-feira, na Califórnia, contra o fundador e diretor-executivo Travis Kalanick, e os ex-executivos Emil Michael e Eric Alexander, por invasão de privacidade e divulgação pública de fatos e difamações particulares.

Alexander foi demitido na semana passada, após a divulgação pela imprensa nacional de que ele era o responsável por ter obtido e compartilhado os registros médicos da mulher com Kalanick e Michael. Na segunda-feira, houve a saída do vice-presidente sênior, Emil Michael. Na terça, Kalanick anunciou que vai pedir licença do cargo por tempo indeterminado, resultado de uma política que tenta recuperar a imagem da empresa.

Isso porque, segundo o portal de notícias “Recode, os executivos haviam duvidado do relatório da mulher, e suspeitaram que o incidente foi uma tentativa de sabotagem orquestrada pelo competidor indiano, Ola.

Os advogados da vítima, Douglas H. Wigdor e Jeanne Christensen, da Wigdor LLP, chamaram de “chocante” o fato de que a Uber dizer que queria apoiar a mulher e sua família e, ao mesmo tempo, “se engajar em teorias de conspiração ofensivas e espúrias sobre a violação brutal”.

“Negar um estupro é apenas mais uma forma da tóxica discriminação de gênero, que é endêmica da Uber e enraizada em sua cultura”, diz o texto. “Espero que este processo, juntamente com as mudanças recomendadas pelo conselho independente, tragam mudanças e reformas reais à empresa”.

Sobre Carlos Laia

Comandada por Carlos Laia , A Voz Do Taxista tem por objetivo levar a categoria dos taxistas informação, levantar o debate dos assuntos importantes para o desenvolvimento profissional de toda categoria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *