Home / UBER-Transporte Clandestino / Uber vende suas atividades no sudeste asiático para grupo de Singapura

Uber vende suas atividades no sudeste asiático para grupo de Singapura

Para a Uber, esta é a maior retirada de um mercado no qual a empresa americana enfrentava uma grande concorrência

Singapura – A Uber vendeu nesta segunda-feira (26/3) suas atividades no sudeste asiático para sua rival regional Grab, um acordo que representa uma nova saída da empresa americana de serviços de veículos com motorista de um mercado internacional muito competitivo.
A Grab adquiriu as atividades de transporte e de entrega de comida da Uber no sudeste asiático, em troca de uma participação de 27,5% para a empresa com sede na Califórnia, informou o grupo com sede em Singapura.
Para a Uber, esta é a maior retirada de um mercado no qual a empresa americana enfrentava uma grande concorrência, exatamente no momento em que o novo CEO do grupo, Dara Khosrowshahi, tenta limitar as importantes perdas e superar uma série de escândalos.
Após outra dura batalha na Ásia, a Uber vendeu em 2016 suas atividades na China para a rival Didi Chuxing, em troca de uma participação, e no ano passado a empresa americana anunciou uma fusão na Rússia com o grupo de internet Yandex.
“A aquisição marca o início de uma nova era”, afirmou o CEO da Grab, Anthony Tan.
Khosrowshahi destacou as vantagens para a Uber: “Este acordo é uma prova do excepcional crescimento da Uber no sudeste asiático nos últimos cinco anos. Isto nos ajudará a trabalhar com mais empenho em nossos projetos de crescimento”.
Como parte do acordo, o CEO da Uber integrará o conselho de administração da Grab.
A empresa com sede em Cingapura, criada em 2012, tem 2,1 milhões de motoristas em Mianmar, Cingapura, Indonésia, Malásia, Tailândia, Camboja e Filipinas.

——————————————————————————————————————–

Os números não mentem, cedo ou tarde perceberam que a conta não fechará.

Protesto na Paraíba

Objetivo do protesto é pedir redução da taxa de 25% cobrada pelo aplicativo por viagem.

Motoristas do aplicativo Uber realizaram um protesto na manhã desta terça-feira (27) no bairro de Manaíra, em João Pessoa, contra a taxa de 25% cobrada pelo aplicativo. Os manifestantes fecharam a avenida João Câncio e segundo a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de João Pessoa (Semob), até as 11h43, o trânsito seguia bloqueado na via.

De acordo com o presidente do Sindicato dos Motoristas de Transportes de Aplicativo, Cid Leitão, cerca de 500 motoristas protestam em frente ao escritório da empresa pedindo a redução da taxa de 25% cobrada pela empresa à cada viagem.

“Está inviável para gente. Só em 2017 o combustível aumento mais de 30%, isso sem contar em 2018, que daria algo em torno de 34%. Estamos trabalhando no limite. Por isso queremos sensibilizar a Uber para reduzir a taxa para 15%”, comentou.

G1 entrou em contato por email com a assessoria do Uber, mas até a publicação desta reportagem não tinha recebido resposta.

Sobre Carlos Laia

A Voz Do Taxista é um portal de notícias criado por Carlos Laia para levar informações a classe dos taxistas, acompanhando os acontecimentos, dando opinião e ouvindo os principais personagens do incrível mundo do táxi.

DEIXE SUA OPINIÃO!