Motorista da Uber é suspeito de estuprar jovem em Rio Preto

Vítima solicitou viagem após sair de casa noturna. Suspeito negou estupro à polícia e foi liberado. Empresa informou que ele foi desativado do aplicativo.

Uma jovem relatou ter sido estuprada por um motorista da Uber durante uma corrida em São José do Rio Preto (SP), neste domingo (5). Segundo a Polícia Militar, a vítima de 20 anos chamou o motorista após sair de uma casa noturna na Avenida Murchid Homsi.

Ainda de acordo com a polícia, a passageira solicitou que o motorista a levasse para a casa no bairro Cidade Nova. Mas durante o trajeto, o homem desviou o percurso e parou em uma rua, onde teria abusado sexualmente da vítima.

O motorista, segundo a polícia, ainda teria obrigado a jovem a continuar no veículo até o fim do trajeto. Quando chegou em casa, a jovem contou para as amigas que foi abusada e acionou a polícia. Ela foi levada para o Hospital de Base, onde passou por exames.

A vítima registrou boletim de ocorrência na Central de Flagrantes por estupro. O motorista foi identificado pela polícia e, durante depoimento, disse que o ato foi consentido. Após prestar esclarecimentos, ele foi liberado. O caso será investigado pela Delegacia da Mulher.

Em nota à TV TEM, a Uber informou que nenhum comportamento criminoso será tolerado, e que o motorista foi temporariamente desativado do aplicativo.

A empresa ressaltou ainda que todos os motoristas passam por checagem de antecedentes criminais e que está à disposição da Justiça para colaborar com a investigação

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios