Após cancelamento de voo em Recife, alagoanos voltam de táxi para Maceió

Um grupo de alagoanos que voltava de São Paulo, no final da noite dessa quinta-feira

Um grupo de alagoanos que voltava de São Paulo, no final da noite dessa quinta-feira (24), passou por transtornos devido à mobilização dos caminhoneiros em todo o Brasil.

O auditor fiscal da Receita Federal Eduardo Guimarães, o irmão dele, Walter Guimarães e outros dez passageiros tiveram que voltar de táxi fretado pela companhia área de Pernambuco para Alagoas.

“Pegamos o primeiro avião em Campinas, no Aeroporto de Viracopos e já no Aeroporto do Recife os funcionários nos comunicaram que o segundo voo Recife-Maceió teria sido cancelado devido à mobilização dos caminhoneiros e que não poderíamos embarcar”, conta.

“Foi um pouco mais cansativo esse retorno. Mas mesmo com os protestos por diversos pontos da rodovia,  chegamos bem ao estado”, ressalta.

Saiba Mais:

Uber emRecife pagará impostos 

Crimes de uberistas

Buscando um posicionamento oficial da companhia área sobre o fato, o TNH1 tentou por diversas vezes contato com a assessoria de comunicação da Azul Viagens, por telefone, mas não obteve êxito. A reportagem também encaminhou e-mail à companhia e aguarda resposta.

Cancelamento em Maceió

O site da Infraero mostra, desde o início da manhã desta sexta-feira (25), que foi cancelado o voo da Azul, que faria o trajeto Maceió – Recife, por falta de combustível. Foi o primeiro cancelamento de rota causado por falta de combustível no Aeroporto Zumbi dos Palmares desde que a greve dos caminhoneiros que começou na segunda-feira (21).

 

 

 

Veja mais em https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2018/05/25/parece-ferias-taxis-e-motoristas-de-apps-lucram-mais-com-greve-em-sp.htm?cmpid=copiaecola

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios